skip to Main Content
(47) 3046-3320 (47) 98848-0026    CRC: SC-009972/O-4
Siga-nos nas redes sociais Facebook Facebook Instagram
Simples Nacional Para Autopeças – Vale A Pena?

Simples Nacional para Autopeças – Vale a pena?

O Simples Nacional é um dos regimes tributários disponíveis no Brasil.

Como o próprio nome indica, ele é uma forma simplificada de estar em dia com o fisco, todavia, tem suas limitações e, por isso, é preciso avaliar se esse regime vale a pena para sua autopeças. 

Escolher o regime tributário ideal é de suma importância para que sejam pagos os tributos necessários – nem a mais, nem a menos.  É comum ter dúvidas sobre qual o ideal para a sua empresa e, neste artigo, vamos abordar especialmente se o Simples Nacional é vantajoso para uma Autopeças. 

Continue lendo o artigo para descobrir!

Confira Nossas Especialidades - Contabilidade em Itajaí - SC | GP contabilidade

Mas antes, o que é o Simples Nacional?

Como dito na introdução do artigo, o Simples Nacional é um regime tributário. Ele traz benefícios principalmente para microempresas e empresas de pequeno porte. 

Para aderir a este regime é preciso se atentar a alguns pontos, como:

  • o limite de faturamento anual deve ser de, no máximo, R$ 4.800.000,00;
  • não exercer atividades que não constam na lista de atividades que se enquadram no Simples Nacional;
  • não ter participação de pessoa jurídica no capital. 

O Simples carrega esse nome por trazer a maioria dos impostos reunidos em uma única guia, o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que pode ser gerado através do site da Receita Federal.

Os seguintes impostos são cobrados através do DAS:

  • ICMS (Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação);
  • PIS/PASEP (Programa de Integração Social);
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados);
  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);
  • IRPJ (Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica);
  • ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza);
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);
  • CPP (Contribuição Patronal Previdenciária).

As alíquotas referentes  esses impostos se encontram e anexos que também podem ser encontrados no site da Receita Federal.

Sabendo disso, vale a pena aderir ao Simples Nacional?

Depende. Quando se trata de regime tributário, é também necessário realizar um planejamento tributário que analise todas os aspectos da empresa para, assim, identificar qual o regime que melhor se enquadra. 

Se sua autopeças ainda é pequena e não excede o faturamento máximo, pode valer a pena aderir ao Simples Nacional, afinal, é muito mais fácil ter os impostos reunidos em uma guia. Entretanto, se sua empresa está próxima de ultrapassar esse valor, talvez seja o momento de migrar ou optar por um regime tributário que se adeque melhor a sua autopeças. 

A melhor forma para saber se o Simples Nacional – ou outro regime tributário – vale a pena para a sua autopeças é contando com o auxílio de uma contabilidade. Afinal, os profissionais que prestam serviços contábeis estão aptos a analisar o seu negócio e identificar em qual regime sua autopeças se enquadra, mantendo suas obrigações fiscais em dia e te proporcionando a liberdade de deixar suas responsabilidades com o fisco nas mãos de especialistas e poder focar em estratégias que vão alavancar cada vez mais sua autopeças. 

Gostou do artigo e quer saber mais? Entre em contato conosco, ficaremos felizes em ajudar!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a GP Contabilidade?

Somos uma Contabilidade em Itajaí – SC

Especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @GP-Contabilidade

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Summary
Simples Nacional - Vale a pena para Autopeças ?
Article Name
Simples Nacional - Vale a pena para Autopeças ?
Description
O Simples Nacional é um dos regimes tributários disponíveis no Brasil. Como o próprio nome indica, ele é uma forma simplificada de estar em dia com o fisco, todavia, tem suas limitações e, por isso, é preciso avaliar se esse regime vale a pena para sua autopeças.
Author
Publisher Name
GP
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top